Linha 2015 tem valor inicial de R$ 35.900 (sem ar)

A linha 2015 do Volkswagen Fox chegará às concessionárias do País nos próximos dias. Uma das principais novidades é o novo motor 1.6 MSI da família EA211. O propulsor, que estreou nas linhas 2015 do Gol Rallye e da Saveiro Cross, rende até 120 cavalos (cv) de potência e está disponível apenas na versão topo de linha Highline.

A linha Fox também conta agora câmbio manual de 6 marchas e o volante funcional do Golf. Como opcional, o carro ainda pode vir com o mesmo sistema de navegação utilizado no Passat e no Tiguan. As versões topo de linha e Comfortline ainda têm como opção a transmissão automatizada I-Motion

O Fox 2015 será vendido em 8 combinações diferentes, tendo como opção:

⇒ 4 versões: Trendline, Comfortline, Highline e BlueMotion

⇒ 4 motores: dois 1.0 e dois 1.6 MSI

⇒ 3 opções de transmissão: 2 manuais e 1 automatizada I-Motion

Confira os preços e as versões:

Novo Fox 1.0 Trendline – R$ 35.900
Novo Fox 1.6 Trendline – R$ 39.800
Novo Fox 1.0 Bluemotion – R$ 37.690
Novo Fox 1.0 Comfortline – R$ 38.190
Novo Fox 1.6 Comfortline – R$ 41.490
Novo Fox 1.6 Comfortline I-Motion – R$ 44.590
Novo Fox 1.6 Highline – R$ 48.490
Novo Fox 1.6 Highline I-Motion – R$ 51.790

GALERIA – Fotos: divulgação

 

O novo Fox pode ser equipado com controle eletrônico de estabilidade e controle de tração, sistemas que auxiliam o motorista a controlar o veículo em piso de baixa aderência, como pode ocorrer quando o motorista entre repentinamente em uma parte da estrada que contém uma camada de água.
publicidade

Quando o veículo está nesta situação, em velocidades de até 80 km/h, o sistema funciona muito bem e ajuda o condutor a controlar o carro. Com o controle eletrônico de estabilidade ligado, motorista se sente mais seguro e sente os comandos em ação. Se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade, impedindo, inclusive, que o motorista continue acelerando o carro.

Além disso, o carro possui o Traction Control, que tem como função reduzir o escorregamento das rodas. Quando o controle de tração está ativado, o motorista sente o pedal mais pesado, mas o carro fica menos na mão, com o recurso diminuindo a ação do motorista.

O controle de partida em rampa também é um bom recurso. Em aclives, o sistema mantém o carro parado por dois segundos após  motorista aliviar o pedal do freio, permitindo uma saída mais tranquila.

Novo motor

O modelo equipado com o novo motor 1.6MSI dde 16 válvulas é capaz de rodar com gasolina, etanol ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção –  potência máxima é de 120 cavalos, abastecido com etanol.

O motor responde bem a aceleração e o motorista não tem dificuldades em fazer ultrapassagens, mesmo em ladeiras. O barulho do propulsor não incomoda muito dentro do carro, dando para os passageiros se comunicarem bem.

Contudo, uma das decepções da linha 2015 é não utilizar o novo propulsor em todas as versões. Nas versões Trendline e Comfortline, a marca manteve a antiga geração EA111 de motores – 1.0 litro de 76 cavalos e 1.6 litro de 104 cavalos.

Um dos pontos que mais chamam atenção no novo Fox é o design. De acordo com a Volkswagen, o novo Fox é o primeiro carro nacional da marca a trazer evolução do design mundial da marca. O veículo traz a frente totalmente nova, com mudanças no capô, faróis e para-choques. O design é inspirado nas linhas do Golf.

A característica mais marcante na frente do Novo Fox são os faróis, mais inclinados em relação aos do modelo anterior. Destaca-se também a nova entrada de ar no para-choque, que passa a ser independente das demais linhas da parte inferior do para-choque.

Na traseira, o grande diferencial está nas lanternas, que estão em posição horizontal e são maiores em comparação ao modelo anterior. O para-choque traseiro também é novo e passa a contar com retrorrefletores integrados na parte inferior, o que confere mais esportividade ao modelo.

Apesar do interior moderno para a versão topo de linha, a Volkswagen criou uma série de versões para o veículo, deixando os de entrada “pelados”. A versão de entrada (Trendline 1.0), por exemplo, vem equipada de série com vidros dianteiros elétricos, direção com assistência elétrica, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, banco do motorista com ajuste de altura, indicador de troca de marcha, travamento elétrico das portas e chave canivete.

One Response